was successfully added to your cart.
All Posts By

Alisson Eloi

Fins dos tempos…

By | Textos | No Comments

Vivemos em uma época onde o ser humano pode se casar com quem quiser e que cada uma viva o quanto quiser e com quem quiser, sendo padre, bispo ou não.
Querem que os héteros, os bi, os tri e os “qualquer coisa sexuais” tenham o mesmo direito de se relacionar ou até casar conforme sua própria vontade e direito perante a igualdade que a constituição lhe permite.
Que as mulheres assim como os homens possam tomar a decisão que lhes bem cabe sobre seu próprio corpo, que também essas mulheres tenham o mesmo direito garantido pela mesma constituição acima que os homens. Querem que os homens abram mão de um pensamento machista e que adotem um estilo de vida mais sociável e que possam assumir sem retaliações seus sentimentos de fragilidade. Assumem que a sexualidade é um atributo e não uma doença e que este pode se apresentar mais claramente até a uma criança de 5 ou 6 anos… e a única parte em que eu concordo do texto que um menor de 18 não possa responder pelo seus crimes (Ao menos não da forma que o ECA prevê);
Não há vagas para os doentes nos hospitais nem para um nem para outro e isso é um fato, não ha vagas nem para problemas bariátricos nem para retiradas de tumores, simplesmente não há vagas.
Há acompanhamento psicológico para homossexuais que sofrem pela pressão de nossa sociedade machista que quer cuidar do cu dos outros invés de cuidar do seu próprio cu, na verdade há um apoio precário para sanar um mal criado pela própria sociedade; Não existe apoio do SUS para quem quer deixar de sair da homossexualidade e se enquadrar no “padrão” hetero de sociedade porque até mesmo o conselho nacional de psicologia assim como a organização mundial de saúde classificou como não sendo um problema nem mental nem de saúde a situação sexual do individuo;
É crime se a favor da família (hetero-sexual) e achar que qualquer outra constituição de família é uma abominação, é crime mijar sobre crucifixos e imagens de santos mas nessa mesma cabeça não é crime falar que qualquer religião que não a sua é do mal, quebrar oferendas (Objetos de culto) de religiões de matriz africana ou de qualquer outra que não seja a cristã. Aliás a demonização de qualquer outra religião que não a cristã é denominado liberdade de culto.

Realmente estamos nos fins dos tempos…
E são meus votos que essa “era cristã” realmente acabe, que cada um possa ser autêntico, e fazer com seu corpo, seus relacionamentos, sua fé e até mesmo com seu próprio cu o que bem entender.

Chuck Berry (★1926– †2017)

By | Textos | No Comments

O compositor, guitarrista e cantor norte-americano Chuck Berry, um dos pais do rock and roll, faleceu neste sábado aos 90 anos no condado de Saint Charles, em Missouri (EUA).
Charles Edward Anderson Berry nasceu em 1926, em San Luis (EUA). Sua mãe era professora e seu pai, empreiteiro e pastor evangélico. Desde pequeno, gostou de blues e, no começo da década de 50, arrancou em sua carreira profissional. Da fonte de sua guitarra pioneira beberam os maiores nomes do rock. Grupos como The Beatles, Rolling Stones, Led Zeppelin ou AC/DC admitiram abertamente que Berry, um dos pais do rock and roll, foi uma de suas referências.
O artista foi um dos fundadores do rock graças ao tema Maybellene, lançado em 1955. Na verdade, em sua biografia do Salão da Fama do Rock, pode-se ler: “Depois de Elvis Presley, só Chuck Berry teve mais influência na hora de dar forma e desenvolver o rock and roll”.
Coincidindo com seus 90 anos, o cantor anunciou em outubro do ano passado seu primeiro disco com material inédito desde 1979. O disco de estúdio, chamado Chuck, está composto por novas canções originais escritas, gravadas e produzidas pelo músico. “Este disco é dedicado à minha amada Toddy”, explicava o cantor referindo-se à esposa, Themetta Berry, com quem estava casado há 68 anos. “Meu amor, estou envelhecendo. Trabalhei muito tempo neste disco. Agora posso pendurar a chuteira”, acrescentou.


Tabela de conversão de polegadas para milímetros;

By | HD, Manutenção | No Comments
Pol. R Pol. cm mm
0,031 1/32 0,079 0,794
0,063 1/16 0,159 1,588
0,094 3/32 0,238 2,381
0,125 1/8 0,318 3,175
0,156 5/32 0,397 3,969
0,188 3/16 0,476 4,763
0,219 7/32 0,556 5,556
0,250 1/4 0,635 6,350
0,281 9/32 0,714 7,144
0,313 5/16 0,794 7,938
0,344 11/32 0,873 8,731
0,344 11/32 0,873 8,731
0,375 3/8 0,953 9,525
0,406 13/32 1,032 10,319
0,438 7/16 1,111 11,113
0,469 15/32 1,191 11,906
0,500 1/2 1,270 12,700
0,531 17/32 1,349 13,494
0,563 9/16 1,429 14,288
0,594 19/32 1,508 15,081
0,656 21/32 1,667 16,669
0,688 11/16 1,746 17,463
0,719 23/32 1,826 18,256
0,750 3/4 1,905 19,050
0,781 25/32 1,984 19,844
0,813 13/16 2,064 20,638
0,813 13/16 2,064 20,638
0,844 27/32 2,143 21,431
0,875 7/8 2,223 22,225
0,906 29/32 2,302 23,019
0,938 15/16 2,381 23,813
0,938 15/16 2,381 23,813
0,969 31/32 2,461 24,606
1,000 1 2,540 25,400
1,063 1 1/16 2,699 26,988
1,188 1 3/16 3,016 30,163
1,313 1 5/16 3,334 33,338
1,315 1 17/54 3,340 33,396
1,375 1 3/8 3,493 34,925
1,438 1 7/16 3,651 36,513
1,563 1 9/16 3,969 39,688
1,625 1 5/8 4,128 41,275
1,688 1 11/16 4,286 42,863
1,813 1 13/16 4,604 46,038
1,875 1 7/8 4,763 47,625
2,000 2 5,080 50,800
2,125 2 1/8 5,398 53,975
2,625 2 5/8 6,668 66,675
2,750 2 3/4 6,985 69,850
2,875 2 7/8 7,303 73,025
3,000 3 7,620 76,200
3,125 3 1/8 7,938 79,375
3,250 3 1/4 8,255 82,550
3,375 3 3/8 8,573 85,725
3,469 3 15/32 8,811 88,106
3,531 3 17/32 8,969 89,694
3,594 3 19/32 9,128 91,281
3,625 3 5/8 9,208 92,075
3,656 3 21/32 9,287 92,869
3,719 3 23/32 9,446 94,456
3,750 3 3/4 9,525 95,250
3,781 3 25/32 9,604 96,044
3,844 3 27/32 9,763 97,631
3,875 3 7/8 9,843 98,425
3,875 3 7/8 9,843 98,425
3,906 3 29/32 9,922 99,219
3,969 3 31/32 10,081 100,806
4,000 4 10,160 101,600
4,031 4 1/32 10,239 102,394
4,094 4 3/32 10,398 103,981
4,125 4 1/8 10,478 104,775
4,250 4 1/4 10,795 107,950
4,500 4 1/2 11,430 114,300
4,750 4 3/4 12,065 120,650
5,000 5 12,700 127,000
5,250 5 1/4 13,335 133,350
5,500 5 1/2 13,970 139,700
5,500 5 1/2 13,970 139,700
5,750 5 3/4 14,605 146,050
6,000 6 15,240 152,400
6,500 6 1/2 16,510 165,100
6,938 6 15/16 17,621 176,213
7,000 7 17,780 177,800
7,063 7 1/16 17,939 179,388
7,188 7 3/16 18,256 182,563
7,750 7 3/4 19,685 196,850
8,000 8 20,320 203,200
9,000 9 22,860 228,600
10,000 10 25,400 254,000
10,500 10 1/2 26,670 266,700
11,000 11 27,940 279,400
12,000 12 30,480 304,800
13,000 13 33,020 330,200
13,188 13 3/16 33,496 334,963
13,438 13 7/16 34,131 341,313
14,000 14 35,560 355,600
15,000 15 38,100 381,000
15,500 15 1/2 39,370 393,700
16,000 16 40,640 406,400
17,000 17 43,180 431,800
18,000 18 45,720 457,200
19,000 19 48,260 482,600
20,000 20 50,800 508,000
21,000 21 53,340 533,400
22,000 22 55,880 558,800
23,000 23 58,420 584,200

Somente use chaves fora da medida do parafuso em casos de extrema necessidade, o mal encaixe da ferramenta com o parafuso pode danificar irreversivelmente e te deixar em grandes apuros;

Ano novo.

By | Textos | No Comments

Acreditar que uma data em específico é o marco para uma mudança de vida, para se “reencontrar” as pessoas que estão todos os dias ali do seu lado (TODOS OS DIAS), para planejar um ano repleto de conquistas e felicidades e na primeira segunda-feira reclamar por ser um dia fatídico o “pior dos dias da semana”, pra mim não é só ridículo como absurdo, imoral uma gigantesca tolice.

Por quê eu não comemoro o ano novo? Porque pra mim é só uma data, assim como 3 de fevereiro, 7 de outubro, ou qualquer umas das outras 364 datas do ano. Quer mudar? mude hoje, mude quando sentir a vontade para mudar, não jogue todas suas esperanças em um último dia do ano, é muita falsidade conviver com uma pessoa 364 dias sem muitas das vezes lhe olhar na cara e dar bom dia pra chegar nesse ultimo dia e dizer que lhe ama e quer um ótimo ano novo. Quer me desejar um ótimo ano… troque por um bom dia, uma boa semana todas semanas do ano, ou melhor quando realmente estiver afim… Não me venha com a inverdade de um dia.

E há ainda aqueles que se vestem de branco, ou de rosa ou amarelo para chamar a paz, o amor dinheiro ou sei lá… Praticam tal rito na esperança de uma mágica milagrosa e não fazem PORRA NENHUMA nada para que isso aconteça nos outros 364 dias… É muita psicose junta, achar que uma cor vai mudar toda sua sorte… Voltando pra casa vi centenas de pessoas que passaram um 2016 de merda e que acreditam fielmente que 2017 será melhor porque estão de branco na passagem de ano.
Pois bem eu estou aqui para quem quiser 364 dias do ano para ser convidado, para convidar, para ser amado e amar, quer compartilhar algo, quer comemorar a vida… estou aqui nos 364 dias do ano… Mas não venha lembrar de mim somente no último porque esse dia vou preferir a solidão dos meus pensamentos à multidão da falsidade e da esperança sem atitude, prefiro a solidão da minha paz que os muitos sorrisos de uma noite só, prefiro a luz solitária do meu farol em uma estrada qualquer do que a multidão dos abraços que podiam ter sido dados durante um ano inteiro;

Leonard Cohen (★1934 – †2016)

By | Textos | No Comments

Vamos deixar de mimimi. Não venha com “2016, que ano horrível”. Leonard Cohen já havia avisado que estava pronto para morrer. Dias depois voltou atrás, falando que iria viver até os 120 anos, provavelmente depois de ter tomado um puxão de orelha de alguém mais próximo. “Não, não fala uma coisa dessas”, alguém deve ter dito. Mas ele sabia. Estava com 82 anos, ergueu uma trajetória ímpar, cronista da constante consciência da maturidade. Provavelmente olhou para o curto futuro e falou ”é isso”. Cumpriu seu papel. Encerrou seu ciclo. Hora de acabar. Tudo bem.

Não o envergonhem com emoticons chorosos, lamúrias autoindulgentes, um luto egocêntrico que parece mais festejar a importância do sofredor do que a obra do morto. A morte é o único destino definido, o outro momento (após o nascer) que nos define como seres humanos. É uma determinação biológica, não escolhe vencedores. Todo fã – ou mero ouvinte – de Leonard Cohen devia saber disso. O fim é inevitável, o que importa acontece antes.

Leonard Cohen (★1934 – †2016)

“Enquanto escrevo isto penso na sua combinação única de desaprovação em relação a si mesmo e dignidade, a sua elegância acessível, o seu carisma sem descaramento, o seu cavalheirismo de outro tempo e a laboriosa torre do seu trabalho. Há tanto por que gostava de lhe agradecer apenas uma última vez. Agradecer-lhe-ia pelo conforto que sempre prestou, pela sabedoria que concedeu, pelas maratonas de conversas, pela sua inteligência brilhante e humor. Agradecer-lhe-ia por me dar e ensinar a amar Montreal e a Grécia. E agradecer-lhe-ia pela música, primeiro pela sua música, que me seduziu quando era rapaz, depois por me ter encorajado a fazer a minha própria música, e por fim pelo privilégio de poder fazer música com ele. Obrigado pelas vossas amáveis mensagens, pelas vossas condolências sem fim, e pelo vosso amor pelo meu pai.”

Hurt

By | Textos | No Comments

I hurt myself today
To see if I still feel
I focus on the pain
The only thing that’s real

The needle tears a hole
The old familiar sting
Try to kill it all away
But I remember everything

What have I become
My sweetest friend?
Everyone I know goes away
In the end

And you could have it all
My empire of dirt
I will let you down
I will make you hurt

I wear this crown of thorns
Upon my liar’s chair
Full of broken thoughts
I cannot repair

Beneath the stains of time
The feelings disappear
You are someone else
I am still right here

What have I become
My sweetest friend?
Everyone I know goes away
In the end

And you could have it all
My empire of dirt
I will let you down
I will make you hurt

If I could start again
A million miles away
I would keep myself
I would find a way

Johnny Cash

Colorado Ithaca

By | ALE, Cervejas | No Comments

Colorado IthacaCerveja escura e fechada, com média formação de espuma marrom.
Licorosa, com álcool aparente no aroma e sabor e aquecendo a degustação. Doce, com características de malte torrado, café, açúcar mascavo, ameixas secas e vinho tinto. Retrogosto longo, com mel, cacau e baunilha. O conjunto de dulçor alto e a presença forte de álcool diminuíram um pouco a drinkability. Corpo robusto, aveludado, com baixa carbonatação.
Cerveja boa, intensa, mas um pouco exagerada na doçura e com a percepção alcoólica um pouco desequilibrada. Achei que para uma RIS a torrefação e as notas de café ficaram em segundo plano.

INFORMAÇÕES
Cervejaria: Cervejaria Colorado
Estilo: Russian Imperial Stout
Álcool (%): 10.5% ABV
IBU: 60
Ativa: SIM
Sazonal: Inverno
Temperatura: 8-12 °C
Copo: Tulipa
http://www.cervejariacolorado.com.br/

Colorado Indica

By | ALE, Cervejas | No Comments

colorado-indicaApresentou boa aparência com cor bronze e creme bege de ótima formação e boa duração que deixa grande lacing. Aroma marcante, herbáceo, fresco e adocicado, remetendo também à lichia. Sabor equilibrado porém forte e carregado no amargor como deve ser nesse estilo. Sente-se também a rapadura e os 7% de álcool que aquecem no final. Pra mim o corpo e a carbonatação estão na medida certa.

INFORMAÇÕES
Cervejaria: Cervejaria Colorado
Grupo: Anheuser-InBev
Estilo: India Pale Ale (IPA)
Álcool (%): 7% ABV
IBU: 45
Ativa: SIM
Sazonal: Não é sazonal
Temperatura: 5-7 °C
Copo: Caldereta
http://www.cervejariacolorado.com.br/

Colorado Demoiselle

By | ALE, Cervejas | No Comments

Colorado DemoiselleBoa Porter, com aparência bacana, de cor negra com creme marrom de boa formação e média duração. Aroma maltado e tostado com álcool no fundo. No sabor um amargor bem interessante, sem agredir, também o café, algo que lembra rum e um dulçor de cacau.
Corpo médio-alto. Retrogosto é médio e um tanto amargo. Harmonizei com chocolate meio amargo e gostei do resultado, o café foi exaltado. Configurou uma boa drinkability.

INFORMAÇÕES
Cervejaria: Cervejaria Colorado
Grupo: Anheuser-InBev
Estilo: Porter
Álcool (%): 6% ABV
Ativa: SIM
Sazonal: Não é sazonal
Temperatura: 8-12 °C
Copo: Tulipa, Caldereta
http://www.cervejariacolorado.com.br/desiberne/

Chopp Kalena Escuro

By | ALE, Cervejas | No Comments

Chopp Kalena EscuroCerveja marrom muito escura, quase negra, espuma bege de média formação e duração, aroma de caramelo e malte tostado, no sabor muito caramelo e leve tostado, um sabor que lembra malzebier, leve amargor no retrogosto, um sabor um tanto artificial.

INFORMAÇÕES
Cervejaria: Kalena
Estilo: Munich Dunkel
Álcool (%): 4.7% ABV
Ativa: SIM
Sazonal: Não é sazonal
Temperatura: 0-4 °C
Copo: Lager (Chope)